sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Borboleta no ateliê


2 comentários:

marcos disse...

Não é uma simples borboleta. Ela era uma obra que se desprendeu e procurou no universo seu lugar. Achou ai sua companhia e voltou a ser obra. Se encaixou... numa fotografia

carlos dala stella disse...

Marcos

o que me incomoda nessa foto é o tom acinzentado, que o pb das digitais dificilmente supera.

é tão bom sentir uma borboleta na mão. o pressentimento do vôo.

obrigado
carlos